Madson solicita atendimento de disque lâmpada aos distritos de Dourados

18/08/2017 10h45 - Por: Assessoria

 
 
O vereador espera que moradores possam ser atendidos de forma eficiente  / Foto:Eder Gonçalves 
O vereador espera que moradores possam ser atendidos de forma eficiente / Foto:Eder Gonçalves

O vereador Madson Valente (DEM) solicitou informações sobre os serviços de trocas de lâmpadas realizados nos distritos de Dourados. Segundo o vereador, a atual gestão ainda não conseguiu organizar os serviços de manutenções, causando transtornos aos moradores que há mais de seis meses sofrem com a falta de iluminação pública.

De acordo com o vereador, os serviços de manutenção sempre foram realizados por sistema de mutirão, entretanto no decorrer deste ano, a administração municipal não conseguiu dar continuidade no cronograma.

Diante desta situação, Madson está sugerindo que a prefeitura implante o atendimento através do telefone 3424-8620 que já atende a cidade, seja também extensivo aos distritos. Conforme o vereador, os moradores dos distritos também pagam a Cosip (Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública) e merecem o mesmo tipo de atendimento.

"Compreendo que além de pagarmos a Cosip os moradores dos distritos também estão pagando IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e que foi propagado pela atual gestão que os moradores da zona rural passariam a ter um atendimento especial. Entretanto estamos vivendo a maior carência de serviços públicos prestados pelo município aos distritos em toda nossa história", enfatizou Madson.

Ele disse ainda que outros serviços também não estão sendo realizados. "Não há limpeza urbana integral, dispensaram metade do pessoal, não fazem trocas das lâmpadas, não fazem serviços de tapa buracos. Portanto afirmo que a administração pública era mais presente nos distritos quando não pagávamos IPTU e hoje, mesmo com o IPTU abusivo, nós não estamos recebendo atenção que merecemos. Lamentável!", desabafou Madson.

Agora, o vereador aguarda que os órgãos competentes tomem providências e que os moradores dos distritos passem a contar com o "disque lâmpada". "Os recursos para manutenção e ampliação do serviço são provenientes da Cosip e que é atitude discriminatória atender os distritos de forma diferente, por isso os mesmos devem ser inseridos no sistema", finaliza Valente.