Madson lamenta a aprovação de mais impostos para a população de Dourados

26/09/2017 11h31 - Por: Assessoria

 
 
Madson foi contra o aumento de impostos / Foto: Eder Gonçalves
Madson foi contra o aumento de impostos / Foto: Eder Gonçalves

Após exaustivo debate, a Câmara Municipal aprovou em segunda votação, o Projeto de Lei Complementar nº 016/2017 (007), que altera e cria dispositivos para autorizar o município a aumentar sua base tributária. O vereador, ao discutir o tema, salientou que este não é o momento para aumentar impostos, uma vez que o país enfrenta uma crise econômica. "Utilizei todos os mecanismos para procurar dissuadir o governo municipal de promover o aumento da base tributária, mas sem sucesso".

Para Madson o projeto não condiz com momento econômico que a população está vivendo. "Fizemos o nosso papel, utilizamos todos os argumentos para tentar sensibilizar a Câmara, porém, por orientação da gestão municipal, não ocorreu nenhuma flexibilidade para discutirmos o projeto com maior participação popular", esclarece.

Ele ainda lamenta o resultado da votação. "Mesmo respeitando o resultado, visto que fomos vencidos pelo voto, só tenho a lastimar esta decisão tão infeliz e tão prejudicial para população de Dourados, especialmente aos trabalhadores que desenvolvem atividades mais simples no mercado de trabalho", disse Madson.

Para o vereador, as justificativas do governo de aumentar os impostos para que desta forma possa elevar os serviços prestados para população, é bastante duvidosa, pois o atual governo está obtendo uma arrecadação considerável e, no entanto, os douradenses não estão obtendo a contrapartida.