“Esperamos que este semestre seja melhor para Dourados”, diz Madson

03/07/2017 09h45 - Por: Assessoria

 
 
Madson avalia primeiro semestre da nova legislatura / Foto: Eder Gonçalves 
Madson avalia primeiro semestre da nova legislatura / Foto: Eder Gonçalves

O vereador Madson Valente (DEM), em análise ao primeiro semestre da legislatura 2017/2020, considerou que seu mandato ofereceu uma grande contribuição para que debates intensos fossem promovidos na Câmara de Dourados.

Diante dos levantamentos, o vereador afirma que a crise econômica do Brasil proporcionou sérios impactos para os municípios e exigiu a realização de ações mais comedidas.

Segundo ele, Dourados está inserida neste processo e a gestão municipal, precisa ‘ousar’ para que os impactos da crise no município sejam menos agressivos. "Considero que o próximo semestre seja muito difícil para os gestores. Todavia entendo que haverá por parte da Câmara de Dourados, total sintonia com as causas do município e consequentemente, com soma de esforços para que a nossa Dourados reencontre o caminho do desenvolvimento", disse Madson.

Ele destacou também que um dos maiores debates realizados foi a implantação do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) nos distritos que contou com a participação efetiva de toda a comunidade. "Da discussão foi feita uma audiência pública para que se encontrassem meios legais de fazer a referida suspensão. O objetivo foi atingido onde o amparo legal está dentro do código tributário nacional e também no descumprimento da lei municipal. Entretanto lamento a decisão política da gestão atual de não atender os moradores dos distritos", explicou.

Outro debate que o vereador destacou foi a regulamentação do transporte dos estudantes do período matutino, onde o parlamentar considerou um equívoco da gestão municipal em rejeitar o projeto. A definição que foi acompanhada pela base de sustentação da administração municipal na Câmara de Vereadores, que Madson classificou a determinação como um grave prejuízo aos direitos consagrados por décadas aos moradores da zona rural.

Madson relatou também por inúmeras vezes usou a tribuna da Casa para pedir a manutenção das estradas rurais e a realização dos serviços preventivos e corretivos nas malhas viárias. Ele afirma que parte dos requerimentos e indicações foram atendidos. "Já é possível verificar alguns serviços na região de Vila Vargas, apenas de patrolamento de algumas vicinais", avalia.

O vereador também se posicionou firmemente contra o fechamento do Centro Homeopático e considera uma das maiores perdas para o sistema de saúde do município.

"Estamos procurando corresponder com nosso papel, discutimos tudo aquilo que era questionável, defendemos aquilo que merecia ser defendido. Fui parceiro desta gestão no sentido de buscar investimentos para cidade e tive a felicidade de ter colaborado para que entregas de equipamentos fossem feitas para Associação dos Apicultores de Dourados", pontuou o vereador.

Madson, em sua atuação durante os primeiros seis meses de mandato, informa que também lutou no sentido de garantir o bem estar da população. "Também conseguimos um parquinho infantil para Praça de Vila Vargas e neste semestre será feita a entrega de equipamentos para Agrovargas (Associação dos Produtores de Vila Vargas), recursos viabilizados pelo deputado estadual licenciado José Carlos Barbosa (PSB), o Barbosinha", finalizou.