Daniela Hall cobra explicações sobre a falta de remédios da saúde mental em Dourados

08/02/2018 10h30 - Por: Da Assessoria Parlamentar

 
Vereadora Daniela Hall quer celeridade na aquisição dos medicamentos em falta na rede pública (Foto: Thiago Morais) Vereadora Daniela Hall quer celeridade na aquisição dos medicamentos em falta na rede pública (Foto: Thiago Morais)

Pacientes que dependem de medicamentos controlados e de uso contínuo, entregues gratuitamente na Farmácia Municipal de Dourados, estão voltando para casa sem os remédios. Além da falta de medicamentos, a saúde pública de Dourados enfrenta a falta de médicos, materiais e insumos.

Várias foram as reclamações feitas pelos pacientes, que acabam recorrendo à Promotoria de Justiça e a Defensoria Pública para assegurar o direito ao remédio gratuito, mas alguns acabam ficando sem os medicamentos, assim comprometendo ou agravando seu estado clínico.

Na sessão desta quarta-feira, que foi adiantada por conta do feriado de carnaval, a vereadora Daniela Hall (PSD) apresentou requerimento sobre a falta de remédios da saúde mental, requerendo a lista de medicamentos que estão em falta na farmácia municipal e buscando informações sobre quais os motivos para o déficit, que vem sendo percebido desde o ano passado.

Para a vereadora, essa é mais uma situação preocupante para a saúde pública de Dourados, cobrando celeridade na aquisição dos medicamentos, para que seja retomada a distribuição. "Um paciente que usa remédio controlado e de uso contínuo não pode interromper o tratamento. A Prefeitura Municipal de Dourados, através da Secretaria de Saúde, precisa tomar providências, com urgência, para solucionar este problema", enfatizou a Daniela.

Sabendo que a aquisição de medicamentos depende de licitação pública, processo altamente burocrático e considerado demorado, a vereadora considera que a secretaria municipal de Saúde precisa realizar um planejamento para que a licitação aconteça em tempo hábil, para que a nova remessa de medicamentos chegue antes de faltar nas prateleiras da farmácia pública de Dourados.

"Desde o início do mandato venho cobrando melhorias na saúde pública, em prol da população de Dourados, que necessita e merece um atendimento de qualidade. Esse ano não será diferente, continuarei cobrando a regularização desses medicamentos controlados e a falta de médicos nos postos de saúde, o que congestiona o atendimento na UPA de Dourados", afirmou Daniela Hall.