Bebeto pede asfalto para Vila Formosa e Macaúba

14/06/2018 07h26 - Por: Assessoria

 
 
Vereador Bebeto sugere o uso de perfilado de asfalto nos distritos / Foto: Thiago Morais
Vereador Bebeto sugere o uso de perfilado de asfalto nos distritos / Foto: Thiago Morais

Manutenção de estradas vicinais, permitindo o escoamento da safra agrícola e pavimentação asfáltica nos distritos que ainda não receberam este benefício, estão entre as principais solicitações encaminhadas na Câmara de Dourados, através do vereador Bebeto (PR).

Recentemente o parlamentar reiterou indicações à prefeita Délia Razuk (PR), com cópias a senadores e aos deputados que representam o município, solicitando recursos provenientes de emendas da União, visando à complementação asfáltica em todas as ruas que não foram pavimentadas nos distritos de Vila Vargas e principalmente em Vila Formosa e Macaúba, principal revindicação da comunidade.

Já na sessão ordinária desta segunda-feira (11), Bebeto encaminhou indicação à prefeita Délia, com cópia ao secretário municipal de Obras, Tahan Sales Mustafa, sugerindo a implantação de perfilado de asfalto nas vias não pavimentadas do distrito de Vila Formosa.

Ele explica que o material é resultante dos serviços de pavimentação e tapa-buracos e pode ser reaproveitado como medida paliativa nos distritos, até que sejam concluídos projetos de asfalto nestas localidades. "Este perfilado pode ser de origem dos serviços de pavimentação asfáltica na cidade ou até mesmo doações pela empresa CCR MSVia", sugere o vereador.

Mapa Urbano

Bebeto também usou a tribuna da Câmara de Dourados, para tranquilizar a comunidade, com relação ao projeto do Executivo que prevê adequações no mapa urbano dos distritos. Ele afirmou que a Prefeitura de Dourados, juntamente com a Procuradoria Geral trabalham para que o mapa dos limites urbanos dos distritos seja atualizado, como determina a lei, ressaltando que as novas adequações se fazem necessárias tendo em vista alguns conflitos quanto à delimitação urbana/rural. "Todas essas ações não vão gerar nenhum aumento ou novas cobranças de IPTU nos distritos", esclareceu.