Entrevista com o vice-presidente Sérgio Nogueira

Vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Dourados, Sérgio Nogueira, fala sobre os desafios para o biênio 2017/2018.

1 - Quem é Sergio Nogueira?

Técnico em Agropecuária, oficial R2 do Exército Brasileiro, bacharel em Teologia e mestre em Ciências da Religião. Casado há 30 anos e pai de três filhos. Pastor batista desde 1989, foi diretor do Seminário e Faculdade Teológica Batista Ana Wollerman por mais de 15 anos. Foi fundador e presidente da Oscip ABCDE, atendendo cerca de 450 crianças na educação infantil.

Eleito vereador em 2012 e reeleito em 2016.

2 – Como se sente fazendo parte pela primeira vez da Mesa Diretora da Câmara de Dourados para o biênio 2017/2018?

Estou muito feliz em fazer parte da Mesa Diretora. O mandato de 2013 a 2016 proporcionou muitas oportunidades para que eu compreendesse e desempenhasse as funções de vereador da melhor maneira possível e, na Mesa Diretora, vou poder ajudar meus colegas em importantes decisões que refletirão no desenvolvimento de Dourados. Ser vice-presidente é um privilégio e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade.

3 – Como vice-presidente quais são as suas principais propostas de trabalho?

Precisamos dar continuidade aos bons trabalhos e excelente avaliação que a Câmara de Dourados obteve nos últimos anos. Quero ajudar a presidente a termos um Poder Legislativo forte, unido e independente. Havia um projeto de construir um espaço mais apropriado para atender a população e vamos resgatar a discussão sobre a sua viabilidade.

Quero ajudar a concretizar o projeto de Câmara Itinerante para aproximar mais os vereadores da população e ajudar a instalação da Escola do Legislativo.

4 – Como vereador, como pretende desenvolver o mandato e quais suas linhas de atuação?

Pretendo dar continuidade em tudo o que deu certo e que foi elogiado no primeiro mandato e corrigir as deficiências. Meu foco está nas pessoas. As áreas de atuação passam desde a educação infantil até o ensino superior, o esporte, saúde, a garantia dos direitos da pessoa com deficiência e a assistência social, fortalecimento da agricultura familiar e da indústria e apoio ao comércio local. Atuarei nas comissões permanentes da Câmara junto com os colegas vereadores, estarei muito próximo das pessoas, ouvindo-as, fazendo indicações, requerimentos e propondo leis que possam trazer benefícios para a coletividade.

 

1 - Através de uma parceria com ILB (Instituto Legislativo Brasileiro), a Câmara de Vereadores de Dourados está oferecendo diversos cursos à distância. Quem pode participar?

Os cursos oferecidos pelo Instituto Legislativo Brasileiro – ILB tem como público alvo os servidores dos legislativos federal, estadual, municipal, distrital e servidores dos órgãos conveniados.

2 – No caso do servidor do Poder Legislativo, quais os benefícios que o funcionário pode obter em sua atividade laboral ao ingressar em um dos cursos do ILB?

O funcionário terá acesso a um material de qualidade que permitirá a atualização e aprofundamento de seu conhecimento, assim como o aperfeiçoamento de competências que refletirá em seu desenvolvimento laboral no atendimento das demandas.

3 – Em sua opinião, qual é a importância destes cursos do ILB para dia a dia do servidor em suar atividades no Legislativo?

São de grande relevância, tendo em vista que oportuniza ao servidor realizar uma capacitação de forma gratuita e de fácil acesso, tendo em vista que estes cursos são ofertados na modalidade EAD. Vale ressaltar que a aquisição de conhecimento possibilita fortalecer a eficiência do mandato parlamentar, refletindo consequentemente no atendimento ao cidadão, assim como na administração pública.

4 – Qual o tempo médio de duração dos cursos? O servidor ou cidadão pode participar simultaneamente de dois ou mais cursos?

O tempo médio de duração dos cursos é de 40 a 60 dias. Nos cursos com tutoria o candidato pode se pré-matricular em um único curso.